Saturday, June 16, 2018

Dual-Boot - Windows 10 e Linux: Instalando o Windows por último


Um sistema de Dual-Boot é um computador que possui dois ou mais sistemas operacionais instalados no mesmo HD, em partições diferentes, e dá a opção de carregar um ou outro durante a inicialização.

O Dual-Boot mais comum é criar duas partições e instalar uma versão do Windows em uma e uma do Linux na outra. Porém, dependendo de qual sistema operacional você instala primeiro, o Dual-Boot pode requerer mais algumas configurações para funcionar corretamente.

GRUB (GNU GRand Unified Bootloader) é o gerenciador de boot padrão em sistemas baseados em UNIX, como o Solaris e as distribuições Linux. Quando você liga o computador, o gerenciador de boot é o primeiro programa que roda, ele é responsável por carregar e tranferir o controle da máquina para o kernel do sistema operacional.

Quando você quer implementar um sistema Dual-Boot com Linux e Windows, e instala o Linux por último, o GRUB se encarrega de verificar se outras partições do HD possuem outros sistemas operacionais instalados, caso afirmativo, ao iniciar a máquina, ele exibe as opções disponíveis e espera o usuário selecionar qual sistema operacional ele quer carregar.

Porém se você instalar o Windows por último, ele sobreescreve o GRUB com o seu próprio gerenciador de boot, o Windows Boot Manager (BOOTMGR), o qual só é capaz de carregar versões do Windows, deixando outros sistemas Não-Microsoft incarregáveis (unloadable).

CENÁRIO: você tem um HD com duas partições. O Linux Mint 18.2 instalado em uma partição e o Windows 10 em outra. Como o Windows 10 foi instalado por último, o Linux não está mais carregando.

Implementando Dual-Boot após instalar o Windows 10 ao lado do Linux Mint 18.2

Basicamente você precisa reinstalar o GRUB, porém isso não poderá ser feito no Windows.

Crie uma imagem ISO da versão Linux que você usa em um pen drive. Você terá que dar um boot por esse dispositivo.

Após ligar a máquina, pressione F11 algumas vezes e depois F12 (essas teclas podem variar dependendo do fabricante),  esse procedimento faz exibir o setup da BIOS, no qual você pode escolher por meio de qual drive a máquina deve iniciar (a aparência desse menu também pode variar por fabricante). Escolha a opção que corresponda ao drive USB, que contem a imagem da versão Linux que você utiliza.

Bios Menu

Após escolher o drive USB, o Linux será carregado. Agora você deve acessar a partição que contem o Linux e reinstalar o GRUB na pasta boot. Para isso, abra o shell e execute os seguintes comandos:
  • sudo fdisk -l   para saber o nome da partição que contem o seu Linux       
  • sudo mount /dev/<nomePartição> /mnt   anexa à árvore de diretórios o sistema de arquivos da partição que contem o Linux
  • sudo grub-install --root-directory=/mnt dev/<nomeParticao>
  • sudo update-grub     reinstala o GRUB

Execute os comandos como na imagem abaixo. Nela o nome da partição esquecida que contem o Linux é sda1 (você deve substituir pelo nome que aparecer na sua máquina), cujo tamanho é 619,6 GB:

Comandos para atualizar o GRUB
Repare que ao executar o comando sudo grub-install, aparece a mensagem de erro failed to get canonical path of 'auf'. Você pode ignorará-la.

Reinicie sua máquina. Dessa vez o GRUB dará a opção de escolher se você quer carregar o Windows ou o Linux. Caso o Linux carregue diretamente sem dar a opção de escolher o Windows, instale o Boot Repair.

sudo add-apt-repository ppa:yannubuntu/boot-repair && sudo apt-get update
sudo apt-get install -y boot-repair && boot-repair

Após instalá-lo, clique no botão Recommended Repair.



Agora que o GRUB foi reparado, o Dual-boot estará implantado e ao iniciar a máquina você pode escolher qual sistema carregar:

Sistema de Dual-Boot

         

No comments:

Post a Comment